Sem categoria

Mensalão: STF inicia discussão sobre cassações, ajustes em penas e prisões

Com a aproximação do fim do julgamento do mensalão, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) devem discutir a perda de mandato automática dos condenados, a elevação ou redução das penas e multas, além de decidirem se deve ocorrer prisão imediata ao final do processo. A Corte realizará na próxima quarta-feira (5) a 50ª sessão de julgamento do mensalão. Em quatro meses, o Supremo avaliou a conduta dos 37 réus, condenou 25 e determinou punições para cada um. A dosimetria, fase durante a qual são decididas as penas e multas, foi finalizada na última quarta (28). Ainda resta definir se os três deputados federais condenados perdão seus mandatos. São eles: João Paulo Cunha (PT-SP), condenado a 9 anos e 4 meses, Valdemar da Costa Neto (PR-SP), que pegou 7 anos e 10 meses, e Pedro Henry (PP-MT), condenado a 7 anos e 2 meses. Deles, apenas Cunha deve cumprir pena em regime fechado. Informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo