Cidades

Dia Nacional em defesa do Velho Chico reforça cuidados com o rio

velho chicoRevitalização, disponibilidade hídrica e preservação de um dos principais rios do Brasil ganham destaque nesta quarta-feira (3), em todo o país pela comemoração do Dia Nacional em Defesa do Velho Chico. A data é marcada por mobilizações e uma série de atividades em toda a extensão da bacia do rio, alertando a sociedade para a importância deste patrimônio natural. A ação é promovida pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e conta com apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea-BA), que há doze anos participa das Fiscalizações Preventivas Integradas (FPI) para proteção do rio.
Criada a partir de uma parceria entre o Crea e o Ministério Público a Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco é  composta atualmente por 21 entidades, já passou por mais de 115 municípios e visitou cerca de 2,5 mil empreendimentos. Ao longo deste tempo foram 35 edições, envolvendo 120 técnicos. Números que traduzem o apoio do Conselho em prol da defesa do rio e se tornaram história no livro “Velho Chico: a experiência da Fiscalização Preventiva Integrada na Bahia”, lançado em dezembro de 2014 na sede do Ministério Público da Bahia.
Com uma extensão de 2.700 quilômetros, o São Francisco é o maior rio que nasce e deságua no nosso país. Sua bacia integra o Nordeste e Sudeste, ligando sete estados e abrangendo mais de 500 municípios. Presente na vida de 15 milhões de pessoas, suas águas são a principal fonte de abastecimento da região semiarida e ocupam um papel importante na vida de uma população que carinhosamente o apelidou de Velho Chico. Bocão News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo