Política

Bolsonaro diz que pretende gastar 1 milhão para chegar a presidência da república

Deputado defende pautas polêmicas e consegue atrair eleitores com propostas radicais.

© Reuters

As campanha eleitorais no Brasil sempre tiveram custos elevadíssimos, em 2014 por exemplo, Dilma Rousseff do PT gastou mais de R$ 318 milhões, já seu opositor Aécio Neves do PSDB pouco mais de R$ 216 milhões, isso sem contar os gastos apontados pela operação Lava-Jato com caixa dois e consequentemente não declarados.

Para chegar a presidência o então pré-candidato Jairo Bolsonaro pretende gastar R$ 1 milhão, em 2014 quando concorreu ao cargo de deputado federal pelo Rio de Janeiro, gastou mais de R$ 400 mil e foi bem sucedido.

Até a eleição passada de presidente da república, deputados, senadores e governador, as campanhas eram regadas de doações de empresas o que foi proibido pela justiça, na mini reforma eleitoral. Já nas campanhas de prefeitos e vereadores os custos foram reduzidos, acredita-se que a presidencial não seja diferente.

A previsão de gastos do candidato da direita, foi dada em uma entrevista à Bloomberg, que o definiu como o Donald Trump dos brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo