Entretenimento

Zezé assume que traiu Zilu enquanto estavam casados

“Mulheres com quem sonhei passaram a dar bola pra mim”

AgNews

As polêmicas entre Zezé Di Camargo e Zilu Godói parecem não ter mais fim. Em entrevista à revista Veja, o cantor resolveu abrir o jogo sobre o conturbado relacionamento que ele manteve com a ex durante 30 anos. Na matéria, ele foi assumiu que traiu a apresentadora inúmeras vezes.

“Antigamente, quando me perguntavam isso (se ele traiu ou não Zilu), eu dizia: ‘Se eu traí, não vou lhe contar. Se falar que não traí, você não vai acreditar’. Mas, sim, tive outros relacionamentos. Quando ‘É o Amor’, entrou no topo das paradas, todas as mulheres com quem sonhei passaram a dar bola pra mim. E, é claro, saí com algumas delas. Agora, esse tipo de revelação só confirma a força da Zilu. Porque, apesar de ter tido esses relacionamentos, eu nunca saí de casa. E não saí porque eu sabia que ela é uma grande mulher”, falou ele.

Apesar dos elogios à ex, Zezé comentou que hoje em dia ela se vitimiza, mas se deu bem em ter casado com ele.

“Fazia dois anos que eu não tinha mais nenhum relacionamento íntimo com Zilu. Um, dia, em São José do Rio Preto, ela apareceu ao lado de um suposto namorado numa capa de jornal.  (…) Então, numa entrevista, uma repórter perguntou se eu não sentia ciúme da minha mulher. Não aguentei e anunciei a separação. O anúncio foi seguido de notícias falsas e tentativas de me transformar em vilão. (…) No fim das contas, eu a livrei de uma fria: o cara com quem a Zilu terminou o noivado para ficar comigo hoje em dia vende coxinha em Goiânia”, diz.

Sobre a namorada Graciele Lacerda, Zezé comenta que chegou a contratar um detetive para descobrir mais detalhes dela quando começou a pintar interesse pela jornalista e dançarina.

“Queria saber mais sobre a pessoa por quem eu tinha me apaixonado. E, como não morávamos na mesma cidade (Zezé mora em Barueri, São Paulo, Graciele é de Vitória), achei que seria uma boa solução. Mas, ao conhecer Graciele, no tempo em que era dançarina de um grupo de música country, já percebi que ela era uma menina honesta. Demorei oito meses para dar um beijo nela e dois anos para chegar às vias de fato”, conta. R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo