Geral

Trabalho Freelancer: Como se tornar um freela na internet

Por que ser Freelancer?

Em 2020 temos frequentemente nos perguntado se estamos seguros em nossos ambientes de trabalho, nos restaurantes que frequentamos e nos meios de transporte que nos conduzem de casa para nossos empregos e do serviço para nossas casas.

O trabalho presencial vem se tornando cada vez mais cansativo e exigente, mesmo antes da pandemia. A procura por uma alternativa menos estressante e mais segura é uma realidade cada vez mais presente, principalmente entre os jovens-adultos, e a palavra “freela” ganha cada vez mais força nas conversas entre família e amigos.

Estamos falando de uma alternativa de trabalho remoto onde a sua capacidade é seu produto e você administra seu próprio negócio: o trabalho de freelancer. Essa opção abre inúmeras possibilidades e pode sanar boa parte das queixas referentes ao trabalho tradicional.

Como começar?

Freelancer não é apenas aquele que trabalha unicamente de casa, não vá se enganando. Hoje em dia muitos freelancers mantém vínculo com alguma empresa por estarem começando na área e não estarem em uma situação financeira estável. É possível crescer como freelancer se dedicando somente a isso ou mesmo tendo esta prática apenas como uma alternativa de renda.

O primeiro passo para se tornar um freelancer é a especialização: Escolha uma área que você gosta e na qual tenha habilidades. Se seu plano é começar a ganhar dinheiro ainda este ano, é mais seguro fazer o que você já sabe e já tem esperiencia do que aprender um ofício do zero. Trabalhe com traduções, design, escrita, programação, etc.

Desde que você possua algum conhecimento prévio, com criatividade você encontrará a sua área. Aprenda e se desenvolva com o objetivo de se tornar um profissional cada vez melhor.

O próximo passo pode soar estranho, mas você deve realizar seus primeiros projetos. Assim que você se sentir sutilmente qualificado, ofereça seus serviços para amigos e familiares gratuitamente para que você tenha uma primeira experiência em lidar com clientes e desenvolva um portfólio (pasta ou site que mostra seus trabalhos anteriores). Eles serão muito mais compreensíveis com você e lhe ajudarão a entender o processo de adaptar a sua produção à expectativa do seu cliente. Você já conhece o paradoxo: “Preciso de um emprego, mas para conseguir um, preciso já ter conseguido um emprego antes”.

O terceiro passo é criar o seu portfólio e mostrar o que você sabe produzir. Recomendo que utilize um portfólio em forma de site para que seus clientes não precisem baixar nenhum arquivo. Assim você mostra mais profissionalismo e tem mais controle sobre sua imagem (você pode mudar qualquer informação quando bem entender, mesmo que já tenha enviado links para o cliente).

O Zyro possui templates gratuitos de muito fácil manuseio para quem está começando, você não vai precisar saber programação sem design para criar um belo site em questão de minutos (e sem pagar um centavo sequer por isso).

Depois disso fica muito fácil ser aceito por várias redes de Freelance. Workana, Upwork, 99Freelas, etc. Crie um perfil em cada uma delas e comece a desbravar as possibilidades.

Enquanto estiver usando os serviços dessas plataformas, lhe será cobrado um custo pelo serviço de captação de clientes altamente direcionados, prontos para a contratação ou compra. Cada plataforma tem sua taxa e isto influenciará no preço do seu serviço. No início, mesmo com um portfólio, pode ser difícil encontrar seu primeiro cliente.

Você pode fazer trabalhos por preços mais acessíveis no início para competir com os mais experientes e ir desenvolvendo seu portfólio.

No futuro, com mais experiência e um portfólio recheado de trabalhos, você vai poder cobrar mais caro e desenvolver sua carreira.

Coloque a mão na massa

A competição está cada vez mais alta devido à grande quantidade de pessoas tendo acesso à internet e passando a sonhar, também, em trabalhar de casa. Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a começar sua carreira de freelancer. Boa sorte em sua jornada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar