BrasilGeral

Roma desconversa, mas não descarta ser nome de Bolsonaro na disputa na Bahia em 2022

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), desconversou, mas não descartou a possibilidade de ser o nome indicado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para concorrer ao governo da Bahia em 2022.

Eleito deputado federal pela Bahia em 2018, João Roma aceitou o convite de Bolsonaro para assumir a pasta há pouco menos de um mês . A decisão estremeceu a relação do novo ministro com ACM Neto (DEM), amigo pessoal e padrinho político de Roma.

A possibilidade de Roma entrar na disputa pelo Executivo da Bahia nas eleições do ano que vem pode provocar um desconforto ainda maior na relação o ex-prefeito de Salvador, que também é um nome cotado para a disputa pelo governo baiano.  

João Roma foi o entrevistado desta segunda-feira (22) do Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3. Questionado sobre a possibilidade, o ministro da Cidadania disse que o assunto não foi conversado com o presidente Jair Bolsonaro, e que o foco neste ano será enfrentar o maior desafio da vida dele no comando do ministério. “Não chegamos a conversar sobre esse assunto. Esse é um ano de muito trabalho”, disse. O titular da Cidadania acrescentou que o momento não é o ideal para tratar de eleições.

Durante a entrevista o ministro também falou sobre a volta do pagamento de parcelas do Auxílio Emergencial. A previsão é de que nos dias 5 ou 6 de abril os primeiros beneficiários já comecem a receber o valor.

O auxílio emergencial 2021 será pago em quatro parcelas, com valores de R$ 150 para quem mora sozinho; R$ 250 para as famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres; ou R$ 375 no caso das famílias chefiadas por mulheres.

O ministro João Roma reconhece que os valores “não são suficientes”, mas ressalta que foi o possível diante do teto do governo federal e que vai proporcionar algum conforto às famílias necessitadas. “É sim um valor que faz muita diferença na melhoria da qualidade de vida e para que a pessoa possa passar por esse período com o mínimo de dignidade”.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo