JustiçaPolítica

PT terá que traçar plano C, operação contra Jaques Wagner pode prejudicar Rui Costa

O não reconhecido plano B do Partido dos Trabalhadores para o Palácio do Planalto possivelmente terá se transformar em C, o A era o ex-presidente Lula que supostamente foi expulso da corrida eleitoral devido a condenação em segunda instância pelo TRF4, o que implicará impedimento devido a Lei da Ficha Limpa.

O B seria Jaques Wagner, ex-governador da Bahia, ex-ministro do governo Dilma, pré-candidato ao senado, o petista deveria ser o escolhido por reunir diversas qualidades para assumir o posto. Mas a operação Cartão Vermelho da Polícia Federal terminou por complicar os panos do partido.

Segundo a Polícia Federal, o ex-mandatário baiano recebeu 82 mi em propina do consórcio formado para erguer a Arena Fonte Nova. O PT já esperava que Wagner fosse lançado ao olho do furacão, principalmente após os rumores de que ele era o escolhido para substituir Lula. O laudo da PF, aponta que a obra foi superfaturada em valores que, corrigidos, podem chegar a mais de R$ 450 milhões, e grande parte teria sido desviada para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais.

A investigação aponta fraude em licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro.

Com a Cartão Vermelho a Lava-Jato poderá revelar a irrigação da campanha de Rui Costa (PT) com dinheiro ilegal e complicar também os planos do atual mandatário estadual a reeleição.

A pré-candidatura ao senado também poderá sair arranhada, as apreensões de celulares, relógios e documentos, podem dar novos rumos as investigações, ou corroborar delações premiadas, o pedido de prisão por hora foi negador, mas poderá ser aceito se os crimes apontados se confirmarem.

Wagner nega as acusações, no facebook ele posto a seguinte afirmação: “Estou tranquilo. Quero reafirmar aqui que não houve superfaturamento nas obras da Arena Fonte Nova e o investimento para a sua construção foi um dos menores do Brasil. Todas as acusações são infundadas e só servem para gerar manchete de jornal. Infelizmente, estão desvirtuando e politizando essas ações numa tentativa clara de criminalizar e destruir as lideranças do PT – Partido dos Trabalhadores Mas a verdade vai vencer”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo