BahiaGeral

Previdência Estadual lança simulador de aposentadoria para servidores efetivos; veja onde simular

Nesta quarta-feira (02) foi lançado pela Previdência Estadual um simulador de aposentadoria para servidores efetivos. A ferramenta ajudará os servidores a se planejarem para o futuro conhecendo os diversos cenários para ingresso na aposentadoria.

“É uma satisfação entregar aos servidores estaduais mais uma ferramenta de transformação digital, que contribui para a automatização, fixação e expansão do governo digital”, afirmou a chefe do gabinete Tatiane Cezar Pereira, que representou o secretário da Administração, Edelvino Góes, na abertura do evento promovido pela Superintendência de Previdência do Estado (Suprev).

O superintendente da Previdência do Estado José Maria Dutra destacou o papel do simulador para o alcance de um dos principais objetivos da Suprev hoje, ao lado do enfrentamento do déficit previdenciário: a redução do tempo de concessão da aposentadoria. “O simulador ajuda o servidor a planejar o seu futuro, e também auxilia as equipes de RH a visualizar as diferentes possibilidades de concessão, sem precisar fazer o cálculo dos benefícios do zero”, explicou o superintendente.

A chefe de gabinete lembrou ainda a importância do simulador para os servidores que moram no interior do Estado. “São pessoas que têm mais dificuldade de acesso às equipes de RH e que muitas vezes não sabem como calcular o tempo que falta para se aposentar”, ressaltou.

Para ter acesso ao simulador de aposentadoria, o servidores efetivos devem ingressar com login e senha pessoais na área de acesso restrito do Portal RH Bahia. Com navegação fácil e intuitiva, a ferramenta permite que o profissional visualize as datas previstas para seu ingresso para a inatividade, de acordo com as regras previdenciárias nas diferentes modalidades de aposentadoria (compulsória, por idade ou tempo de contribuição, etc).

Vale ressaltar que as informações apresentadas no simulador são extraídas da base de dados do sistema de Recursos Humanos do Estado. Caso identifique alguma inconsistência, a orientação da Suprev é de que o servidor entre em contato com a sua Coordenação de Recursos Humanos. “A ferramenta, inclusive, é uma excelente oportunidade para identificar a necessidade de realizar ajustes, a exemplo de solicitações de averbação de tempo de serviço”, explica a diretora Joana Pinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios