COVID-19Slide

Prefeitos do Vale decidem manter comércios fechados, mas flexibilizar na reabertura de essenciais

Aulas e demais eventos seguem suspensos

Em todas as cidades do Vale Jiquiriçá, continuam valendo as suspensões de eventos, aglomerações públicas e de aulas. No entanto, a partir desta segunda-feira, dia 30, passará a ocorrer a abertura gradativa de atividades comerciais consideradas essenciais, mantendo-se ainda as medidas de prevenção como o controle de acesso aos estabelecimentos, distanciamento social, horários diferenciados de funcionamento e intensificação da higienização. Tudo isso visando o cumprimento das recomendações de autoridades de saúde, mas também buscando reduzir os impactos econômicos que serão provocados pela Covid-19.

Os prefeitos do Vale Jiquiriçá, agregados na representatividade do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território – CONVALE- discutiram o assunto durante 06h em Assembleia On-line neste domingo, 29, sobre as novas orientações que os municípios devem adotarem para estabelecerem  a reabertura de alguns comércios e publicar novos decretos de como serão  o funcionamento. De acordo com informações do presidente do Consórcio, o prefeito de Planaltino, Zeca Braga, as medidas são necessárias, pois além de continuarem na luta pela vida e contra a chegada do COVID-19 nas cidades do Vale,  novas medidas visam agregar outras atividades consideradas essenciais e que podem funcionar regulamentadas dentro das normas de Vigilância Sanitária, sendo fiscalizadas com um rigor maior pelos municípios.

+ Jacobina decide reabrir comércio na segunda (30)

+ Aneel suspende cortes na luz por falta de pagamento por 90 dias

“Não foram decisões fáceis fundamentadas em apenas uma opinião. Foram mais de 06h discutindo o assunto que é de interesse de todos. Nós estamos preocupados com a linha de crescimento dos dados desse vírus que assusta o mundo, temos que preservar nossas ações em proteger a vida de nossa gente, sobretudo, há outros fatores que precisamos também discutir e são importantes: que é evitar prejuízos maiores a economia. Nossa decisão é manter fechados alguns seguimentos que já estão orientados o fechamento em decretos anteriores, mas flexibilizar o funcionamento e a abertura de novos seguimentos de maneira a funcionarem dentro das orientações sanitárias. Pedimos a compreensão dos empresários que nos ajudem, abracem essa guerra que é de todos nós. Os municípios irão renovar seus decretos com base em suas necessidades, e todos devem seguir de forma rigorosa as orientações, pois não são apenas dos prefeitos, mas de autoridades de saúde engajadas a proteger a proliferação do coronavírus. Pedimos a todos que continuem atentos ao isolamento social o máximo possível, principalmente o público de risco, fiquem em casa. Os municípios não terão condições de salvar vidas com o sistema de saúde sobrecarregado. Nosso apelo será sempre pela preservação da vida”, disse Zeca Braga.

Os novos comércios que estarão na lista de serviços considerados de primeira necessidades, além dos já autorizados o funcionamento, serão: Lojas de Materiais de Construção, oficinas, Borracharias, Lojas de Peças de automóveis, dentre outros que devem ter restrições diferentes em cada município. Por isso é importante observar os novos decretos. Em nenhum dos autorizado o funcionamento deverá ocorrer aglomeração de pessoas no estabelecimento.

Um dos principais fatores que pesou na decisão foi o resultado das medidas de enfrentamento ao coronavírus no mundo com o isolamento social e a estruturação dos planos de ação dos municípios em conjunto com o Estado e o Ministério da Saúde. As prefeituras devem realizar encontros regulares entre os prefeitos para tomarem decisões no enfrentamento ao Covid-19 e rever as novas medidas conforme o avanço ou recuo da doença.

Leia também: Prefeito de Mutuípe se reúne com vereadores da base para debater ações contra a Covid-19

Neste domingo o encontro On-line com a participação do presidente do CONVALE e prefeito de Planaltino, Zeca Braga; prefeito de Ubaíra, Fred; Soya de Maracás, Sandro Correia de Brejões; Hemerson Eloi de Santa Inês; Jerônimo de Irajuba; Danilo de Nova Itarana ; José Renato de São Miguel das matas; Marco Aurélio de  Itaquara; Juliano Martinelli de Jaguaquara; Júlio Pinheiro de Amargosa; Ivete de Cravolândia; Robson de Elísio medrado; e Rodrigo (Digão) de Mutuípe.

Os novos decretos dos municípios serão publicados no Diário Oficial de cada prefeitura nesta segunda-feira (30). Fonte: Itiruçu Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar