GeralNotícias

PMs custodiados em Lauro de Freitas fazem greve de fome em protesto

PRISCO - VEREADOROs policiais militares custodiados na Coordenadoria de Custódia Provisória, localizada no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, iniciaram uma greve de fome nesta terça-feira (5). Eles protestam contra um novo decreto da PM que altera a rotina de visitas no local. Segundo a norma da corporação, os internos terão visitas a cada dez dias e não mais todas as semanas, como ocorria antes. Segundo o vereador e presidente da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (Aspra), Marco Prisco (PSDB), os manifestantes participaram de uma reunião com os responsáveis pelo Batalhão na tarde desta terça-feira. O presidente da Aspra acrescenta que já entrou em contato com Departamento de Polícia Militar e pretende acionar o Ministério Público contra as novas regras. O diretor de Comunicação da PM descartou que o protesto dos custodiados fosse greve de fome. “Não foi uma greve de fome. A entrega da alimentação foi feita e eles não receberam”, afirma. Ainda segundo ele, após o encontro entre o Batalhão e os custodiados na tarde desta terça-feira, a situação foi normalizada e os internos voltaram a receber a alimentação. Informações do A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo