Entretenimento

Joalheiro baiano vai à Justiça para impedir reprodução de pulseira do Senhor do Bonfim

FITA DO BONFIM - OUROO joalheiro baiano Carlos Rodeiro recorreu à Justiça mais uma vez para impedir reproduções da pulseira do Senhor do Bonfim, peça de sua criação e patenteada pela CR Joias, que também lhe pertence. De acordo com Rodeiro, outras lojas e marcas estariam comercializando imitações da joia.

“Já ganhamos alguns processos. Os oficiais de justiça nos confirmaram que irão fazer vistorias em shoppings e lojas, vamos combater esse ato ilegal”, afirmou o joalheiro. Com valores estimados entre R$ 6 mil e R$ 13 mil, o acessório já foi utilizado por figuras ilustres, como a princesa Stephanie de Mônaco, o cantor britânico Elton John e a presidente Dilma Rousseff.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo