Entretenimento

Ex-amante de Duda volta e ajuda a inocentá-la em “O Outro Lado do Paraíso”

Divulgação/Globo

O julgamento de Duda (Glória Pires), em O Outro Lado do Paraíso, promete grandes reviravoltas para a trama. A promotoria que a processa por uso de falsa identidade usará um segredo do seu passado como Elizabeth – antigo nome usado pela personagem  – para afirmar que ela é capaz de matar, relembrando o caso em que foi  acusada de assassinar Renan (Marcello Novaes), seu então amante.

Para a surpresa de todos, segundo o site Notícias da TV, Renan reaparecerá vivo no tribunal. A pedido da advogada Adriana (Julia Dalavia), ele irá depor a favor de Duda, acabando com o argumento da promotoria. “Foi importante na minha vida. Mas breve demais. Ela foi me visitar. Separou-se. Não me conformei, discutimos. Eu tentei beijá-la à força. Ela não permitiu. Eu mesmo perdi o equilíbrio e me desequilibrei. Caí”, relembra ele.

“Acordei no hospital. A batida de cabeça foi forte. Tive concussão cerebral. Amnésia parcial durante meses. Saí do hospital e soube das notícias da morte da Beth. Por isso, nunca a procurei”, explicará Renan em seu depoimento, afirmando ter sido procurado por Adriana para esclarecer tudo. Veja mais aqui

TENTATIVA DE REAPROXIMAÇÃO

Após o julgamento, Renan fará de tudo para reconquistar Duda. Disposto a reatar o romance entre eles, ele tentará uma aproximação: “Eu preciso saber… Se a Beth que eu conheci está aí ainda, no fundo desses olhos. Está sim. É você”, dirá. “Não, eu não sou a mesma que conheceu. Renan, me faz um favor. Vá embora”, pede a dona do bordel.

“Eu não quero falar sobre minha vida. Sobre tudo que aconteceu. Você teria vergonha de mim. Esquece que me reencontrou agora. Fica com a lembrança boa de nós dois”, continua Duda. Seu ex-amante, porém, não desistirá fácil, e garante: “Nossa história não terminou”, em tom de promessa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo