GeralNotícias

Conquista: Parentes do bicheiro Castor de Andrade são presos em fazenda da família

CONQUISTA - DROGASParentes do bicheiro Castor de Andrade foram presos, nesta quarta-feira (26), em uma fazenda localizada na zona rural de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Os irmãos Felipe e Daniel Grassi de Andrade Souto são filhos de Fernando Andrade de Lima Souto, dono da propriedade avaliada em R$ 2 milhões e parente de Castor de Andrade, um dos maiores contraventores do Brasil, que morreu em 1997, aos 71 anos, após sofrer um ataque cardíaco. Investigadores da Delegacia de Homicídios (DH/Vitória da Conquista) apreenderam na propriedade uma pistola calibre 380, uma espingarda calibre 44 e dezenas de munições, além de rádios comunicadores, uma picape, R$ 4,5 mil em dinheiro, dezenas de roupas de uso restrito, pertencentes à Aeronáutica, e coldres da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Os acusados foram detidos por posse ilegal de arma de fogo e munição e formação de quadrilha. Segundo a Polícia Civil da Bahia, Fernando Andrade é procurado pelas mortes de Gilmarcos Souza Cruz e Virgilio Souza Silva. Investigações apontam que as vítimas teriam sido executadas, em janeiro deste ano, nas proximidades do distrito de Inhobim, onde a fazenda está localizada, por seguranças de Fernando, depois de supostamente terem furtado dinheiro e um aparelho de TV no local. Um sócio dele, identificado como José Wesley, investigado por agiotagem e envolvimento com o jogo do bicho na região de Vitória da Conquista, também é procurado. Fernando e o filho Daniel respondem a inquérito policial no Rio de Janeiro. A família adquiriu a fazenda, situada em um local isolado, onde investiram em negócios agropecuários, há três anos. A polícia apurou que Fernando viaja constantemente ao Rio de Janeiro, em um avião particular, e costuma circular pelo estado fluminense com vários seguranças contratados, a maioria ex-policiais. A polícia apura se a família administra negócios ilícitos em Conquista, como jogos de azar e agiotagem. Após serem interrogados, Felipe e Daniel foram encaminhados ao presídio Nilton Gonçalves, onde ficaram presos à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo