Cotidiano

Cantor e adversários lembram proximidade de ACM Neto com Geddel Vieira Lima

Com a prisão de Geddel Vieira Lima (PMDB) nesta segunda-feira (03), o prefeito ACM Neto (DEM) acabou virando alvo de adversários políticos e outras personalidades baianas devido à proximidade com o líder peemedebista na Bahia. O cantor Manno Góes, por exemplo, publicou uma foto na qual Neto e Geddel aparecem de mãos dadas.

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB), vice-líder da oposição na Câmara de Vereadores, questionou se é possível “confiar” em ACM Neto ao publicar um vídeo no qual os dois trocam elogios, na campanha de 2014, quando Geddel era candidato ao Senado na chapa apoiada pelo prefeito de Salvador. “Ele tem fibra, coragem, capacidade de trabalho e, sobretudo, um amor sem limites por nossa terra”, disse Neto, na oportunidade, a Geddel.

O deputado federal Jorge Solla (PT) provocou: “Apesar da blindagem, a verdade começa a vir a tona. Geddel Vieira Lima fez muito mal a Bahia, fez muito mal ao Brasil e, mesmo jorrando provas de seus esquemas junto a Michel Temer e Eduardo Cunha, o prefeito ACM Neto continuava a defendê-lo”. No Twitter, Afonso Florence (PT) publicou: “ACM Neto sofre grande revés: Geddel preso”.

Em nota, ACM Neto disse que é necessário aguardar os desdobramentos dos fatos: “Nesta hora, quando as informações são muito preliminares, prefiro não antecipar nenhum juízo de valor até que tudo seja devidamente esclarecido”.

Varelanoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo