Cotidiano

Camisinha de hidrogel promete ser mais confortável até mesmo do que sexo sem proteção

CAMISINHA DE HIDROGELUma equipe de pesquisadores da Universidade de Wollongong, na Austrália, criou um novo preservativo que promete ser mais confortável até do que sexo sem proteção. A invenção faz parte do programa Grand Challenges in Global Health, da empresa comandada por Bill Gates e sua esposa, Melinda. Com o objetivo de solucionar grandes problemas mundiais de saúde, a exemplo da falta de prevenção com relação a doenças sexualmente transmissíveis. Segundo o jornal O Globo, os cientistas estudam a possibilidade de utilizar o hidrogel no lugar do tradicionalmente usado látex. Uma das importantes características do hidrogel para o experimento é a capacidade de se comportar e parecer com a pele humana. “Tínhamos o palpite de que esses novos materiais teriam as mesmas propriedades da borracha, só que com uma sensação mais agradável, mas não tínhamos certeza se eles tinham as propriedades certas para um preservativo”, afirmou o cientista Robert Gorkin, que lidera a pesquisa. Entre as propriedades da camisinha de hidrogel estariam, segundo Gorkin, a autolubrificação, uma pequena dose de viagra, ser biodegradável, além de conduzir eletricidade e responder a estímulos. A Fundação Bill e Melinda Gates ofereceu uma verba inicial de US$ 100 mil para o projeto. Atualmente, após nove meses de pesquisa, a equipe passará para testes biométricos que comprovem o comportamento do material. “Poderemos observar a atividade do cérebro para ver se o produto realmente passa uma sensação melhor do que a do látex. Se você fizer com que a camisinha seja tão prazerosa que a pessoa mal possa esperar para colocá-la, então mais gente vai usá-la, e nós poderemos parar a transmissão de doenças”, disse Gorkin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo