AmargosaJustiçaSlide

Apuração identifica crime ambientais em Jiquiriçá

Operação de fiscalização também aconteceu em Amargosa.

Na noite desta quarta-feira (27), a redação do Mídia Bahia recebeu fotos de uma operação de fiscalização de crime ambientais cometidos nas margens do Rio Boqueirão, importante afluente do Rio Jiquiriçá e manancial que abastece Mutuípe, Jiquiriçá e com possibilidade de atender Ubaíra.

Integrantes da Guarda Civil e ambientalistas estiveram presentes fiscalizando nascentes do Boqueirão.

Em contato com o conselheiro dos Direitos Humanos, Cleidilson Silva Pereira, a redação foi informada que medidas cabíveis foram solicitadas de setores competentes.

Outra operação.

A Prefeitura Municipal de Amargosa, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Secretaria de Serviços Públicos, Obras e Planejamento e da Guarda Civil Municipal vem realizando ações de combate a crimes ambientais no município, nessa ocasião, na área da Reserva do Timbó.

Essa semana foram apreendidos pedaços de madeiras (Ingaçu, Louro, Piqui, Oiti, Massaranduba, Sucupira, entre outras) e uma motosserra que estava sendo utilizada para cometer o ato que se configura como desmatamento. O total apreendido foi de cerca de 100 metros cúbicos de madeira nativa.

A ação de busca e combate busca garantir a preservação da reserva na Localidade do Timbó. Este é um trabalho que vem sendo realizado há alguns meses pela Guarda Civil Municipal, através do levantamento da áreas devastadas. Também será montado um sistema de monitoramento periódicos, utilizando rondas e equipamentos tecnológicos com o objetivo, não só de aprender as madeiras já extraídas, mas também os motores e caminhões que transportam os materiais.

É importante salientar que o desmatamento é uma ação criminosa, podendo levar os infratores a sofrer as punições previstas na Lei de Crimes Ambientais.

Caso a população identifique ações características de desmatamento, é importante denunciar imediatamente pelo telefone: (75) 98124-3051 (WhatsApp).

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar