Esportes

Vizinhos chamam polícia após gritos da namorada de Ana Marcela, em comemoração barulhenta

Quando Ana Marcela Cunha nadava os metros finais para cruzar a linha de chegada na primeira colocação e conquistar a medalha de ouro na maratona aquática na manhã desta quarta-feira (4) no Japão e noite de terça (3) no Brasil, uma gritaria foi ouvida num determinado prédio no Rio de Janeiro. O barulho feito pela namorada da nadadora baiana, Maria Clara Fontoura, assustou os vizinhos que chamaram a polícia.

“No sprint final, a gente começou a gritar enlouquecidamente. E, logo depois, a campainha começou a tocar loucamente. Eram cinco moradores, a síndica e a polícia perguntando o que estava acontecendo”, disse em entrevista à TV Globo.

Maria Clara explicou o motivo dos gritos. O grupo não sabia que ela namora com a baiana campeã olímpica.

“Minha namorada é campeã olímpica! Campeã olímpica! Foi mal!”, contou ela que foi autorizada a continuar com a festa. “Pode comemorar. Mas mais baixo, por favor”, falou sobre a resposta que recebeu.

Ana Marcela Cunha venceu a prova dos 10km com o tempo de 1h59m30s8 e conquistou a medalha de ouro da maratona aquática em Tóquio 2020. Ela se tornou a primeira baiana campeã olímpica e se juntou aos medalhistas de ouro Ricardo, no vôlei de praia em Atenas-2004, Robson Conceição, no boxe, e Wallace, no futebol masculino, ambos na Rio-2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo