Cotidiano

Vacinação contra febre aftosa na Bahia alcança 93% de cobertura

FEBRE AFTOSAA Bahia alcançou o índice de 93,84% na primeira etapa de vacinação contra febre aftosa, finalizada em 31 de maio. De acordo com dados divulgados pela Agência de Defesa Agropecuária (Adab) nesta quinta-feira (20), o número corresponde a mais de 9,7 milhões de animais vacinados, entre bovinos e bubalinos, independente de faixa etária. Ainda segundo o órgão, vinculado à Secretaria da Agricultura (Seagri), as regionais de Salvador (98,05%), Itapetinga (97,95%) e Teixeira de Freitas (97,03%) obtiveram os melhores índices de vacinação, seguidas por Itaberaba (96,24%) e Irecê (95,27%).

A Adab destacou também a cobertura nos municípios de Acajutiba, Cairu, Cardeal da Silva, Ibitita, Itaparica, Ituberá e Rio do Pires, que alcançaram o índice de 100%. Desde a última ocorrência de febre aftosa no estado, em 1997, os resultados obtidos nas campanhas de vacinação vêm se mantendo acima dos 90% exigidos pela Organização Internacional de Saúde Animal (OIE). “O Governo do Estado, através da Adab, está cumprindo com o papel de zelar pelo patrimônio pecuário baiano, já que o controle da febre aftosa é fundamental para a economia do estado e do país, pois a manutenção do status de zona livre da doença, há 15 anos, evita a imposição de embargos econômicos ou barreiras sanitárias aos nossos produtos”, disse o secretário da Agricultura, Vitor Bonfim.

O diretor-geral da Adab, Marco Vargas, acredita que, apesar das dificuldades econômicas e climáticas, os altos índices de cobertura vacinal alcançados mostram que o produtor continua motivado e comprometido com a prevenção da enfermidade. “O criador está consciente da importância da sanidade animal para a produção de leite, corte e para o agronegócio baiano”, diz Vargas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar