Notícias

Tumor de Jefferson não é maligno, aponta análise preliminar

Não há sinais de que o tumor retirado este sábado (28) do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, seja maligno, segundo análises preliminares. A informação foi divulgada por meio de boletim pelo Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde Jefferson foi submetido a uma cirurgia para a retirada do tumor no pâncreas. No entanto, a unidade médica destacou que é preciso esperar o resultado definitivo da avaliação do material e o exame imuno-histo químico para uma conclusão. O procedimento durou aproximadamente oito horas e foi realizado pelos cirurgiões José de Ribamar Sabioa de Azevedo, Alexandre Prado de Resende e Aureo Ludovico de Paula. De acordo com o boletim médico, a cirurgia teve “complexidade acima do usual” por causa de uma operação no estômago feita no início da década, quando Jefferson sofria de obesidade mórbida. Informações da Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar