Polícia

Suspeitos de sequestrar empresário em Ibipeba são presos pela polícia

Na última segunda-feira,  05 de abril de 2021, ocorreu o sequestro de um comerciante na Rodovia BA-438, na sede do município de Ibipeba, região quando a vítima fazia sua caminhada de rotina de final de tarde, e fora surpreendida por quatro elementos que estavam em um HB 20 de cor escura, e três deles desceram dizendo serem policiais, empunhando pistolas, obrigando a vítima a entrar no veículo. Que os criminosos então passaram a exigir dinheiro da família da vítima para libertá-lo.

Iniciou-se um trabalho de investigação e de inteligência, e na madrugada do dia 07 de abril de 2021, após os sequestradores receberem  determinada quantia pelo resgate, colocaram a vítima em liberdade, levando ainda um veículo Fiat Uno de sua propriedade.

As investigações e informações levantadas, e continuidade das buscas pelos autores do crime, demonstraram que os suspeitos após libertarem a vítima teriam se deslocado em direção a região de Utinga. Que as buscas efetuadas pelos policiais civis e as informações do serviço de inteligência, demonstraram que os criminosos estariam homiziados na cidade de Itaberaba, motivo pelo os Policiais Civis, contando com o apoio dos Policiais Militares conseguiram prender um dos criminosos na cidade de Itaberaba, e que outro comparsa conseguido fugir, contudo foi acompanhado pelos policiais, sendo preso na cidade de Boa Vista do Tupim.

Foram recuperados o Fiat Uno pertencente à vítima, bem como parte do dinheiro utilizado para pagar o resgate e aparelhos celulares.

Nesta operação contamos com a participação de policiais da 12ª Coorpin-Itaberaba,  1ª DT de Itaberaba,    14ª Coorpin/ Irecê, CPR Chapada, Rondesp, CIPE SEMIARIDO, 11º Batalhão, CETO da Polícia Militar, COE e DRACO da Polícia Civil.

Os autores foram autuados em flagrante e encontram-se custodiados à disposição da justiça. (Fonte: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo