GeralPolítica

“Socialista não é ingrato nem traidor”, reage Lídice da Mata

LIDICE DA MATA 2Virtual candidata do PSB ao governo da Bahia, a senadora Lídice da Mata discorda da opinião do governado Jaques Wagner, de que só haverá espaço para um presidenciável do governo em 2014. A senadora diz que essa é uma estratégia do PT, que deseia uma eleição plebiscitária no Brasil, uma candidatura do PT contra a do PSDB. “Acho difícil que isso se consolide com tantas candidaturas colocadas”, avalia Lídice. Ela indaga se dá para dizer que a candidatura de Marina Silva (Rede Sustentabilidade), que veio de dentro do PT e levou muitos votos petistas, é candidatura de oposição. “Não se pode pegar a história de Eduardo Campos, que ajudou a eleger Lula, foi seu ministro, e trabalha pelo governo Dilma, e dizer que é um candidato de oposição”, reage a socialista, rechaçando a crítica de petistas de que Campos seria “traidor e ingrato”.

A tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo