MutuípePolíticaSlide

PSC de Mutuípe emite nota após comentário em grupos de WhatsApp

O diretório do Partido Social Cristão de Mutuípe emitiu nesta segunda-feira (4), um nota repudiando, declarações feitas em grupos de WhatsApp por um funcionário da prefeitura municipal.

Veja a seguir o documento.

NOTA DE REPÚDIO

Mutuípe, 04 de abril de 2020

O Partido Social Cristão (PSC) vem manifestar o seu repúdio em decorrência das declarações feitas nos grupos de whatsapp “Prefeitura Divulgações” e “Acorda Povo” em que é condicionada a participação de Maria Guedes – Presidente do diretório municipal do PSC em Mutuípe e do candidato a vereador pelo partido nas eleições de 2016, irmão Wilson à figura política do Ex- prefeito Béu Rocha. O projeto do PSC em Mutuípe sempre foi a de eleger um vereador que pudesse representar a comunidade evangélica no legislativo municipal. É fato que em 2016, o ex-prefeito Béu Rocha foi um dos incentivadores e apoiadores da construção deste sonho de ver a nossa amada Mutuípe prosperar. No entanto, este sempre se portou com respeito à autonomia da diretoria e dos demais membros do partido. A decisão de apoiar o então candidato Rodrigo Maicon de Santana Andrade (Digão) nas eleições de 2016 surgiu a após diversos encontros e discussões a respeito das pautas da comunidade evangélica, entre elas, o apoio da prefeitura a comemoração dos 31 de outubro em Mutuípe. A família do PSC trilhou na campanha ao lado do prefeito Digao de forma constante e incansável, esteve presente nos momentos bons e ruins, lutamos juntos e vencemos juntos. Os convites para que a presidente do diretório municipal do PSC, assumisse um função de coordenadora do CADÚNICO / Bolsa Família e a de irmão Wilson como responsável pela recuperação de estradas (entre 2017 e 2018 ), foram realizados pelo próprio prefeito levando em consideração o perfil, capacidade técnica e política que ambos demonstraram durante as eleições municipais de 2016 . Ocorre que tais declarações divergem com a verdade, mostrando apenas um desejo de desqualificar o partido e seus membros a subordinação, expondo amplo desconhecimento a relações políticas. É lamentável que em um momento tão difícil como esse, onde a pandemia da Covid-19 expõe o mundo ao medo e desespero, pessoas são levadas por desejos mesquinhos e totalmente avesso ao espírito de união que o nosso mundo precisa neste momento. Estamos atentos à expressões e atitudes desta natureza, repudiamos e não toleraremos em nenhuma hipótese tais práticas. O Ser humano estará sempre em primeiro lugar. Maria Guedes Presidente do Diretório Municipal Partido Social Cristão – PSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo