Slide

Premiê australiana faz “alerta” sobre o fim do mundo

A primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard, entrou no debate sobre o possível fim do mundo em 21 de dezembro, de acordo com o calendário Maia, em um vídeo em tom de paródia sobre o pop coreano e zumbis. No vídeo de um minuto gravado para a audiência jovem da estação de rádio Triple J, uma Gillard de visual sombrio afirma que o Apocalipse está próximo, apesar da falta de provas. “Meus caros companheiros restantes australianos, o fim do mundo está chegando”, ela afirma. “Independente se o fim vier com zumbis comedores de carne, bestas demoníacas ou do triunfo total do K-Pop, se você conhece alguma coisa a meu respeito é isto: eu vou sempre lutar por você até o final”.

A primeira-ministra diz que existe um lado positivo no armagedon, que ela lembra não ter acontecido como resultado do tão falado bug do milênio, no ano 2000, ou da taxa de poluição na Austrália. “Pelo menos isto significa que não terei mais que participar das perguntas e respostas”, ela afirma, em referência ao compromisso semanal no qual presta contas ao país. “Boa sorte a todos”, conclui. O dia 21 de dezembro representa o fim de um ciclo no calendário Maia, que começou no ano 3114 antes de Cristo. A indústria do entretenimento se aproveitou da ”previsão” e produziu obras como o filme americano “2012”, que mostra inundações, terremotos e erupções vulcânicas no planeta. (AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo