Geral

Prefeituras não seguem recomendação do MPF e iniciam vacinação de jornalistas

Prefeitura de Maragogipe já iniciou imunização; Ilhéus realiza cadastro.

Apesar da orientação do Ministério Público Federal (MPF) que impediu o avanço da vacinação para jornalistas, as cidades de Maragojipe e Ilhéus, no interior baiano, já iniciam o processo de imunização para os profissionais de comunicação. A convocação para os profissionais da cidade foram divulgadas nas redes sociais das duas prefeituras.

Em Maragojipe, a vacinação foi marcada para esta terça (25) e quarta-feira (26), Para se vacinar o profissional precisa levar, além de documento de identificação e cartão do SUS, uma declaração de atividade. Já a prefeitura de Ilhéus, abriu um cadastramento a ser realizado pelas empresas de comunicação que irão incluir seus funcionários, sem determinar data para realização da vacinação.

A capital baiana, por sua vez, decidiu seguir a orientação do MPF e afirmou que não vai vacinar os profissionais de comunicação até que os critérios para inclusão da categoria na fila sejam esclarecidos para o órgão federal.

Em entrevista ao Jornal da Cidade, o secretário estadual de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, esclareceu o papel da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) na determinação da fila de vacinados. “A CIB pode deliberar e nós, diante dos números apresentados pelo sindicato dos jornalistas, decidimos que era o momento de proteger pelo menos os maiores de 40 que estejam expostos. Mas a CIB não pode obrigar as cidades a iniciar essa vacinação”, detalhou. Metrópole.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo