Cidades

Prefeito e médico é denunciado por abusar de mulheres há décadas e filmar os crimes

O médico e prefeito da cidade de Uruburetama, no Ceará, José Hilson Paiva, pratica há décadas o crime de abuso sexual de suas pacientes, de acordo com o G1. 

A reportagem teve acesso a 63 vídeos, filmados pelo próprio médico, com as pacientes.

Especialistas que assistiram às imagens dizem que em nenhum momento Hilson Paiva realizou um atendimento ginecológico. “Trata-se de um monstro”, e as imagens “demonstram claramente um estupro da paciente”, avaliam profissionais da Associação Médica Brasileira.

O Ministério Público ouviu o relato de seis mulheres que dizem ser vítimas de abuso do médico. Já o prefeito afirma que nunca fez “nada forçado” e que as acusações são “jogada da oposição”.

As vítimas denunciam o prefeito desde a década de 1980, mas as denúncias não resultaram em condenação.

Os vídeos obtidos pela reportagem mostram o ginecologista com pelo menos 23 mulheres. Dentre elas, 17 “claramente” foram enganadas pelo médico e sofreram abusos sexuais, segundo avaliação dos especialistas.

Em 2018, um dos vídeos que ele mesmo gravou foi divulgado na imprensa. Com a repercussão do caso, cinco mulheres procuraram a polícia e denunciaram o médico por crimes sexuais. 

Além de as pacientes não terem conseguido a condenação, o prefeito entrou na Justiça contra quatro delas, acusando-as de calúnia e difamação. Três das vítimas desistiram de denunciar o médico para evitar serem processadas. A única que mantém as acusações disse ter sido abusada em 1994.

Metro1

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar