BrasilCidadesGeral

Políticos acusam Bolsonaro de propagar símbolo nazista de supremacia branca ao beber copo de leite; presidente nega

Um gesto de Jair Bolsonaro em uma live nesta semana está gerando controvérsia nas redes sociais. O presidente e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, participaram do “Desafio do Leite”, lançado pela Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite). Opositores do presidente, no entanto, enxergaram a participação do chefe do Palácio do Planalto na “brincadeira” como um aceno velado à grupos nazistas de supremacia branca. O blogueiro Allan do Santos, um dos alvos da Polícia Federal na operação de combate contra as fake news, também fez o gesto. Defensores do governo também estão compartilhando fotos e emoticons de copos de leite em seus perfis nas redes.

Uma das vozes mais expoentes que levantou a polêmica foi o ex-ministro Fernando Haddad (PT). Ele enfrentou Bolsonaro no segundo turno da campanha eleitoral de 2018. “O menino João Pedro, baleado pelas costas; George Floyd, asfixiado. Bolsonaro tomando leitinho com Allan dos Santos para brindar supremacistas brancos. Sinto asco”, escreveu. Bolsonaro, por sua vez, compartilhou a postagem do petista, classificando-a como “fake news”.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo