Brasil

Policia Federal confirma que Adélio Bispo foi o único responsável pelo atentado a Bolsonaro, advogado tem ligação com o PCC

Nesta terça-feira (11), a Polícia Federal (PF) determinou que somente uma pessoa foi responsável pelo atentado contra Jair Messias Bolsonaro durante sua campanha presidencial em 2018.

Segundo as apurações, confirmou-se que Adélio Bispo foi identificado como o responsável exclusivo pelo ataque.

Adélio segue sob condenação e detido. O parecer derradeiro foi entregue em atendimento a novos pedidos do Ministério Público Federal, e atualmente aguarda a posição do Juízo.

A PF realizou ações de busca e apreensão visando examinar novamente aparelhos eletrônicos e registros. O advogado de defesa de Adélio também foi alvo da investigação, porém não houve evidências de envolvimento no atentado contra o ex-presidente.

Hoje de manhã, o representante legal de Adélio Bispo foi alvo de uma ação da Polícia Federal em Minas Gerais. Foram ainda bloqueados recursos financeiros do suspeito pelos investigadores.

De acordo com a Polícia Federal, o advogado possui conexões com grupos criminosos, mais precisamente com o PCC, porém não possui relação com o episódio da tentativa de homicídio do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em Juiz de Fora (MG), durante as eleições de 2018. Diante disso, a PF requisitou o encerramento dessa parte da investigação.


Descubra mais sobre Mídia Bahia

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
situs bokep indonesia