Cidades

PMDB é considerado caminho natural de ACM Neto para 2016

GEDDEL E ACM NETOCaciques partidários sinalizam que após frustradas as tentativas de fusão do DEM com outras legendas, a exemplo do PTB e do próprio PMDB, o destino mais provável do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), será no ninho peemedebista.

Ainda democrata, ACM Neto não fala sobre o assunto, mas a leitura de figuras que orbitam a zona de decisão do prefeito sugere que há um caminho irreversível para outro destino, diferente do conforto do partido herdado do antigo carlismo.

O cenário é de indefinição, até a finalização da reforma política. Com a redução da representatividade federal do DEM, o prefeito de Salvador tenta projetar o nome para o futuro político e precisa de um partido com musculatura boa na esfera estadual e federal.

O PMDB se ampara nessa perspectiva e não nega que as conversas para a filiação de do gestor soteropolitano estejam em curso. Difícil, entretanto, é conseguir equilibrar os egos e os gênios da dupla Geddel e Lúcio Vieira Lima com os de ACM Neto. Em 2012 e 2014 a aliança foi um prenúncio. E 2016 está logo ali.

Fernando Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo