Entretenimento

Pessoas pegajosas são mais propensas a serem traídas e a trair

CASAL APAIXONADOUma pesquisa feita pela Universidade Estadual da Flórida, nos Estados Unidos, concluiu que pessoas pegajosas não estão blindadas contra a traição. Pelo contrário, o excesso de grude pode fazer com que recorram a aventuras amorosas como uma válvula de escape. O estudo foi publicado na revista ‘Psychology Today’.

De acordo com o psicólogo clínico Roberto Rosas Fernandes, analista junguiano pela SBPA (Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica), as pessoas pegajosas oprimem o parceiro e sufocam sua liberdade. “Elas fragilizam a relação, em vez de fortalecê-la, dando margem à insatisfação”, afirma.

Segundo Vanda Lucia Di Yorio Benedito, psicóloga pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo e autora do livro “Amor Conjugal e Terapia de Casal” (Summus Editorial), quem se sente carente e inseguro em um relacionamento pode se tornar uma pessoa exigente de amor e atenção.

“Esse comportamento provoca no outro um desejo de se ver mais livre, além da sensação de que, por mais que se faça, nunca será o bastante. A relação vai ficando cada vez mais pesada, o que pode levar o parceiro oprimido a buscar algo mais leve na vida”, diz Vanda. (Ibahia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo