Cotidiano

Palácio dos Esportes será leiloado em março; lance mínimo é de R$ 9 milhões

O Governo da Bahia publicou na edição desta sexta-feira (28) do Diário Oficial do Estado (DOE), o edital de leilão do edifício do Palácio dos Esportes, localizado na Praça Castro Alves, em Salvador. O certame está previsto para acontecer no próximo dia 8 de março na modalidade maior oferta. O lance mínimo é de R$ 9,010 milhões.

O leilão será realizado no auditório Espaço Crescer, sede da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), situada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), a partir das 10h. Ele será comandado pela leiloeira oficial Ivana Montenegro Castelo Branco Rocha, escolhida por sorteio eletrônico.

A alienação do Palácio dos Esportes foi autorizada pela Assembleia Legislativa da Bahia, com a aprovação Lei Autorizativa nº 14.304/2021. A venda do imóvel só é permitida exclusivamente para a implantação de empreendimentos turísticos, como projetos de hotelaria, restaurantes, centro de convenções, espaços para atividades artísticas e culturais, dentre outras. O participante pode ser qualquer pessoa jurídica de natureza pública ou privada e deverão fazer um credenciamento na abertura do leilão. O prédio ficará disponível para visitação, onde os interessados poderão avaliar as condições e o estado da edificação, entre os dias 31 de janeiro e 7 de março, das 9h às 18h, mediante agendamento.

O licitante vencedor poderá fazer o pagamento à vista, com apresentação do comprovante em até 24 horas após o leilão, ou parcelado em quatro pagamentos anuais de 25% cada, sendo o primeiro na data do certame. Os valores serão corrigidos pelo índice TR-poupança.

O objetivo do Governo da Bahia com a alienação é conceder uma melhor finalidade ao Palácio dos Esportes. No momento, o edifício abriga como sede a Federação Bahiana de Futebol (FBF), além de diversas outras federações de esporte amador e ligas. A área do imóvel mede 1.630,24m².

Bahianoticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo