Cotidiano

ONG relata que ditadura cubana prendeu 150 manifestantes

A ONG Human Rights Watch informou nesta quarta-feira, 14, que a ditadura de Cuba mandou para a cadeira 150 manifestantes desde o início dos protestos no país, iniciados no domingo 11. Uma pessoa morreu. Segundo a entidade, a maioria das detenções ocorreu em casa.

Segundo o Ministério do Interior, o falecido é Diubis Laurencio Tejeda, de 36 anos, que participava da inssureição contra a ditadura no bairro pobre de Guinera, periferia de Havana. Desde que os movimentos começaram, as ruas de Havana continuam tomadas por forte presença militar e agentes à paisana.

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo