Cotidiano

Novo valor do fundo eleitoral eleva em 180% a verba das campanhas do PT

Caso o valor do fundo eleitoral seja mantido em R$ 5,7 bilhões, o PT, o maior beneficiado do programa, deve receber uma cota de R$ 563 milhões. A quantia foi estimada pela revista Veja e é 180% maior que o volume destinado à legenda em 2020 (R$ 201 milhões). A segunda maior fatia ficará com o PSL (saltando de R$ 199 milhões para R$ 558 milhões), seguido do MDB (que sairá de R$ 148 milhões para R$ 415 milhões).

Em 2020, o fundo que destina recursos do pagador de impostos às campanhas dos políticos ficou em R$ 2 bilhões. Na semana passada, o Congresso aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para vigorar em 2022. Uma das cláusulas da regra permite a elevação — que ainda pode ser vetada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

A lista das 13 siglas que têm as participações mais elevadas continua com a quarta posição ocupada pelo PP (R$ 394 milhões), seguido de PSD (R$ 388 milhões), PSDB (R$ 365 milhões), DEM (R$ 338 milhões), PL (R$ 329 milhões), PSB (R$ 306 milhões), PDT (R$ 289 milhões), Republicanos (R$ 281 milhões), Podemos (R$ 218 milhões) e PTB (R$ 130 milhões).

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo