GeralNotícias

No RJ, papa Francisco deve visitar favelas e hospitais para dependentes químicos

PAPA FRANCISCO - ASCENANDOA agenda do papa Francisco no fim de julho, quando vem ao Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), pode incluir visitas aos viciados em crack em um hospital para dependentes químicos. O líder religioso também deve ir a favela, em um dos bolsões de pobreza próximos à Avenida Brasil, zona norte carioca. A favela do Vidigal, que já recebeu o papa João Paulo 2º também é cotada, além da comunidade de Mandela de Pedra, Jacarezinho e Morro do Juramento, esta última ao contrário das duas primeiras ainda não é ocupada pela polícia. A programação, que será definida nesta terça com a chegada do executivo responsável pelas viagens do papa. A previsão inclui uma viagem de helicóptero para o santuário de Aparecida (SP) e uma visita ao hospital de Francisco, dirigido pela associação de Francisco. A segurança do clérigo deve ser reforçada após as explosões de Boston, o número de agentes já foi aumentado e policiais à paisana devem integrar a equipe. Informações Folha de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo