CidadesGeral

Neto vê aumento de PM’s nos circuitos e defende policiamento ostensivo

O prefeito ACM Neto (DEM) avaliou neste domingo (23) que houve um acréscimo de policiais militares nos circuitos do carnaval no último sábado (22), e defendeu que o policiamento ostensivo continue nos próximos dias de festa.

“Ontem eu estava preocupado, tanto que pessoalmente falei com o comando da polícia militar, externando minha preocupação em relação ao efetivo – quantidade de policiais na rua. Percebemos que ontem houve uma melhora”, afirmou.

O prefeito informou que, apesar de ter mais gente na rua em comparação à última sexta-feira (21), o sábado foi marcado pela queda no registro de casos de violência – inclusive nas unidades de saúde do município. 

Neto disse que pessoalmente identificou um incremento na quantidade de oficiais na rua, mas ponderou que seu apelo por uma maior presença policial continua. O policiamento é uma responsabilidade do governo do Estado. 

“A prefeitura pode apelar, e vai continuar apelando para que aja um número cada vez maior de policiais na rua para dar segurança ao folião”, disse. 

Questionado se havia notado alguma diferença na forma de agir dos oficiais na rua ao longo dos dias de festa, Neto reafirmou seu entendimento de que a polícia tem que marcar presença de forma ostensiva e de que isso é fundamental para a realização da festa. 

“Isso é importante, não pode faltar. Inibe pessoas que queiram realizar qualquer ato de violência”, argumentou acrescentando que quem manda na polícia é o governador do Estado e que não tem intenção de “polemizar” ou “politizar” o debate em torno da segurança da festa.

Segundo o prefeito, as atrações irão se intensificar nos próximos três dias de folia – no domingo, segunda e terça. Neste período, as principais atrações da festa se apresentam no Campo Grande. “Vamos ter uma grade muito forte, com muitos trios sem corda”, disse Neto.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar