Slide

Na calada, Câmara de Inhambupe aprova o aumento da Taxa de Iluminação e trás revolta a população

No último dia 19 de dezembro a Câmara de Vereadores de Inhambupe, realizou uma sessão extraordinária com intuito de aprovar na calada o projeto de aumento na taxa de iluminação, prejudicando 5 mil famílias carentes que eram isentas.
Em Inhambupe-BA, os consumidores residenciais, quem tinha a conta de energia com até 100 Kwh de consumo por mês eram isentas de pagamento. No dia 19 de Dezembro o prefeito Fortunato Costa (Nena) enviou para a Câmara o projeto lei que aumenta a taxa de iluminação, ou seja, os consumidores residenciais que tem a conta de energia acima de 30kwh passaram a pagar a taxa de iluminação. 
O projeto de lei foi aprovado por 12 votos a 1 e apenas o vereador Uelson de Jesus se absteve. O Presidente da Câmara Jeovan Vieira foi o articulador principal para garantir a aprovação do projeto de lei. Só agora em Janeiro a população tomou conhecimento disso tudo e está revoltada. Nessa mesma sessão os vereadores aprovaram por unanimidade as contas do Ex-Gestor Benoni Leys que enquanto prefeito teve suas contas bancária bloqueadas por suspeita de corrupção. O TCM recomendou a rejeição das contas do ex-prefeito. Após a aprovação na calada, a Câmara entrou em recesso e só retornará em fevereiro e a população revoltada foi lesada pelo aqueles que si diz representante do povo. 
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar