MutuípeSlide

Morre a professora Neusa, após paradas cardiorrespiratórias na transferência para o HRSAJ

Neusa estava com suspeita de covid-19 e foi transferida em estado grave.

A professora Elineusa de Jesus Silva, 50 anos, morreu no fim da tarde deste domingo (23), durante a transferência para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, a regulação ocorreu ainda no período da manhã, porém foi necessário uma UTI Móvel.

Logo cedo, uma grande mobilização foi feita nas redes sociais pedindo ao governo do estado que acelerasse, a transferência.

Neusa teve a primeira parada cardiorrespiratória, nas proximidades do posto Jaguaripe, sendo reanimada por paramédicos, mas faleceu na porta do HRSAJ, ela fez o teste RT-PCR e estava internada no Hospital e Maternidade Clélia Rebouças. Um teste rápido indicou covid, porém o resultado do exame do laboratório central é aguardado para confirmação.

A educadora era lotada na Escola Maria Júlia, no Alto da Cajazeira. Ela tomou a primeira dose de vacina no início do mês, porém não foi possível adquirir imunidade contra a doença.

Em nota a prefeitura de Mutuípe lamentou o óbito.

É com pesar que a Prefeitura Municipal de Mutuípe, comunica o falecimento da servidora Elineusa de Jesus Silva (23/05/21). A passagem de Neusa, excelente Professora, amiga, guerreira, verdadeira líder que se dedicou por muito tempo para nosso município, deixa um legado de alegria com seu sorriso sempre contagiante. Aos familiares e amigos os nossos profundos sentimentos e o desejo de que seus bons exemplos estejam sempre vivos em nossa memória.

O Mídia Bahia lamenta a partida precoce da professora e presta solidariedade à família neste momento de consternação.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo