Entretenimento

Maria Zilda diz que Maitê Proença ‘gosta muito de dinheiro’: ‘Ela só faz live se pagarem’

Em um bate-papo com a apresentadora Carolina Ferraz, no Instagram, nesta segunda-feira (15), a atriz Maria Zilda Bethlem afirmou que Maitê Proença “gosta muito de dinheiro” e que “só faz live se pagarem”. 

As declarações foram feitas após Ferraz destacar os esforços dos artistas e o projeto de Maitê, um monólogo online, que vem arrecadando dinheiro para trabalhadores do teatro. 

“Zilda, mas é interessantíssimo como essa pandemia provocou, principalmente na classe artística, uma busca por uma renovação interessante. Você vê a Maitê Proença, estreou um monólogo virtual, ela está no teatro. A Maria Ribeiro está fazendo um monólogo virtual. Você fazendo live todos os dias. A gente está se mexendo de um jeito ou de outro”, disse Carolina.

Ativa nas redes sociais durante a pandemia, realizando inúmeras lives com participação de artistas, Maria Zilda esclareceu que não ganha “dinheiro nenhum” para poder fazer os encontros virtuais. Ferraz, então, comentou: “É, a gente não ganha dinheiro, mas acho que a Maitê deve estar vendendo. Toda a renda ela está doando para os funcionários de teatro”.

Desacreditada na informação sobre Proença, Zilda deu sua opinião sincera, mas garantiu que não queria entrar em polêmicas com a atriz. “Acho muito difícil, porque a Maitê gosta muito de dinheiro e, inclusive, ela só faz live se pagarem. Não estou julgando nem criticando a Maitê, ela tem direito e cada um faz o que gosta de sua vida. Isso é um direito que ninguém pode tirar”, afirmou. 

Após a fala polêmica, Ferraz disse que, independente de existir dinheiro ou não no projeto de Maitê, ela tinha tomado conhecimento, no caso específico da peça, que a renda estava sendo revertida. Maria Zilda, por sua vez, chamou atenção e disse que era apenas “uma parte” do que estava sendo arrecadado.

“É, não sei se uma parte ou tudo, mas é legal você estar fazendo um monólogo que é transmitido online para as pessoas. E isso não só ela como outras artistas como Lília Cabral e Paulo Betti”, completou Carolina.

Confira o trecho a partir de 9 minutos:

Ian Meneses

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar