SaúdeSlide

Laje e Ubaíra são classificadas como área de risco para Febre Amarela pela OMS

Valença, Jaguaquara, Brejões e Presidente Tancredo Neves, também figuram a lista.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou a cidade de Muritiba, no Recôncavo Baiano, como área de risco para a febre amarela. A OMS publicou a lista dos municípios baianos na última quinta-feira (05/04), no comunicado Disease Outbreak News (Notícias sobre o surto de doença, em português).

 

Além de Muritiba, mais 153 cidades baianas estão classificadas como área de risco para febre amarela. Na cidade, até o momento, a Secretaria de Saúde não divulgou nenhum caso de macaco morto ou de alguém contaminado pela doença. Na lista da OMS que o Diário da Notícia teve acesso, muitas cidades do Recôncavo constam nela, a exemplo de Cachoeira, São Félix, Conceição do Almeida, Laje, Ubaíra,Valença, Castro Alves e Cruz das Almas – esta última registrou a morte de dois macacos, mas, até o momento não foram divulgados os resultados com a causa da morte dos animais (veja aqui). De acordo com o Secretariado da OMS, o número de municípios baianos passou de 69, em janeiro passado, para 154. A lista divulgada pela OMS é uma recomendação para que as cidades vacinem a população contra a febre amarela. Veja as cidades baianas classificadas pela OMS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo