Bahia

Juazeiro: Diretor de jornal descobre que está ‘morto’ ao tentar votar e ainda é convidado a trabalhar como mesário

O diretor do jornal Ação Popular, Manoel Cavalcanti, foi informado que estava “morto” ao comparecer no último domingo (7) à sessão 67 da 47ª Zona Eleitoral de Juazeiro para votar. Como sua situação diante da Justiça Eleitoral era a de “falecido”, foi impedido de exercer o direito do voto. Segundo o Blog do Geraldo José, o diretor afirmou ter votado normalmente em todas as eleições desde que tirou o título de eleitor. Orientado a comparecer ao cartório para regularizar sua situação, Cavalcanti ainda foi convidado no domingo a ficar à disposição da Justiça Eleitoral como mesário, já que pessoas convocadas inicialmente para a função não compareceram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo