GeralSlide

Jornalista escocês que investigou Ricardo Teixeira é condenado, mas desconhece a acusação

JORNALISTA ESCOCÊSO repórter escocês Andrew Jennings, da BBC, foi condenado a pagar R$ 10 mil de indenização ao ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, noticiou a CartaCapital. O jornalista da emissora britânica considera que a condenação “não faz o menor sentido” porque ele nem ao menos sabia da acusação. Segundo levantamento publicado no fim de semana pelo Jornal do Brasil, Teixeira conseguiu no Tribunal Regional Federal da 2ª Região o arquivamento de todos os inquéritos nos quais era acusado de crimes como lavagem de dinheiro e recebimento de propina, exceto pela indenização contra o jornalista, condenação que ocorreu na Justiça estadual do Rio de Janeiro, informa o Portal Imprensa. A decisão judicial foi publicada em 22 de novembro de 2012 e só veio à tona após a reportagem. Cabe recurso. Na decisão, o juiz Augusto Alves Moreira Junior, da 3ª Vara Cível do fórum regional da Barra da Tijuca, escreveu que “os danos morais restaram caracterizados porque os fatos imputados pelo réu ao autor abalaram a sua honra bem como a sua imagem perante a sociedade”. Para o magistrado, a culpa do jornalista ficou configurada pelo fato de ele não comparecer ao julgamento. Ainda de acordo com o Portal Imprensa, Jennings afirmou que “isso tudo é um absurdo” e qualificou Teixeira  como “um cara que fugiu do Brasil, ele é notoriamente corrupto, renunciou todos os cargos e assumiu que participou do esquema de corrupção”. O jornalista questionou “como posso ter prejudicado a imagem de uma pessoa assim? Como eu posso ter ofendido o caráter dele? Ele é corrupto, já estava com a imagem suja”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo