Notícias

Itapetinga: Polícia cerca agência bancária, mas assalto era trote

A Polícia Militar cercou na tarde desta terça-feira (11) o prédio da agência do Itaú em Itapetinga, no sudoeste baiano, após receber um alerta de um suposto possível assalto. De acordo com o chefe da 21ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Marcus Vinícius, uma funcionária do banco recebeu uma ligação de fora do estado, na qual um suspeito solicitava que fosse separada uma quantia em dinheiro e, caso não fosse atendido, a agência seria invadida por homens armados que aguardavam do lado de fora. A polícia chegou a revistar pessoas que estavam nas proximidades do prédio, mas nenhum suspeito foi encontrado. A ação militar atraiu muitos curiosos para o local. “A minha impressão é de que pode ter sido alguma facção criminosa querendo sondar a segurança na cidade. Pode ter sido trote ou não. Fizemos o procedimento normal, deslocamos a PM e informamos a todas as unidades policiais locais e também a Salvador”, afirmou o delagado em entrevista ao G1.

Ainda segundo Vinícius, não há registros de assaltos a bancos em Itapetinga. “Estamos sempre preparados para essas situações, mas não é comum ocorrer esse tipo de crime aqui. Não me recordo de assaltos a bancos em Itapetinga, só atentados a caixa eletrônicos. Quadrilhas de assalto a banco preferem cidades menores e, normalmente, que tenham fronteira. A situação já foi normalizada”, garantiu. Ainda segundo o delegado, nenhum suspeito de ter feito a ligação foi identificado até esta quarta. Caso o responsável pela ligação seja encontrado, ele poderá responder criminalmente por extorsão ou por trote.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar