GeralNotícias

Índia: Guru diz que culpada por estupro coletivo é a vítima

Um popular líder espiritual chamou a atenção nesta terça-feira (7) na Índia ao afirmar que o violento estupro coletivo contra uma estudante de 23 anos foi culpa também da vítima. O guru Asharam, conhecido por seus seguidores como “Bapu” (ou “pai”), disse aos seus devotos que não culpem só os agressores e pediu o perdão deles. O crime aconteceu no último dia 16, em Nova Delhi, capital indiana. A estudante e o namorado, de 28 anos, seguiam para casa em um ônibus, após irem ao cinema, quando foram abordados pelos criminosos. Os dois foram espancados e a garota estuprada pelos criminosos e violentada com uma barra de ferro durante 40 minutos. Depois, as duas vítimas foram despidas e jogadas do ônibus em movimento. No total, seis foram presos acusados de envolvimento no crime. “Esta tragédia não teria acontecido se ela tivesse evocado o nome de Deus e caído sobre os pés de seus agressores. O erro não foi cometido apenas de um lado”, disse Bapu, em vídeo publicado na internet. O guru de 71 anos foi alvo de duras condenações públicas. Seu depoimento foi o mais recente após uma série de gafes de figuras públicas na Índia que culparam as mulheres pela epidemia de estupro no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo