Bahia

Iguaí: Prefeito é detido por desacatar policiais militares

O prefeito da cidade baiana de Iguaí, Rony Moitinho (PSD), foi conduzido algemado à delegacia do município na madrugada deste sábado (8), acusado de desacato por policiais militares. Após um show da dupla Bruno e Marrone em uma casa de eventos do município, o prefeito pegou uma carona com Ramon Moreira, filho do Presidente da Câmara. De acordo com a versão relatada pelos policiais ao delegado Roberto Leal, o carro dirigido por Ramon teria atingido uma moto ao dar a ré. Segundo o delegado, ao chegar ao local os policiais teriam sido desacatados pelo prefeito, que tentou usar seu cargo político para contornar a situação. Em resposta, os policiais algemaram o prefeito e o conduziram à delegacia. Um Termo Circunstancial de desacato à autoridade foi feito e será encaminhado ao Ministério Público. Rony Moitinho, que é candidato à reeleição, rebate a versão apresentada pela polícia e acusa os PMs de agressão e de participação em “uma armação política arquitetada pela oposição”. Moitinho confirmou, em entrevista ao Terra, que estava no carro, mas negou que Ramon tenha colidido com a moto. “Ele estava dando ré para entrar em uma rua quando fomos abordados pela PM. Ramon apresentou os documentos, e eu desci do carro para falar com os policiais. Me apresentei como prefeito e disse que ele estava apenas me levando para casa”, conta. Ele afirma ainda que os policiais teriam dito que “ele era como qualquer um” e pedido que ele entrasse na viatura. “Eu respondi que não tinha feito nada de errado e me recusei. Aí seis policiais me agrediram. Estou com hematomas em diversas partes do corpo e fazendo corpo de delito”, alegou. Oito policiais, o prefeito e outras cinco testemunhas, entre eles Ramon Moreira e o dono da moto envolvida na confusão, prestaram depoimento na delegacia e foram liberados em seguida. Nenhum representante da Polícia Militar da cidade foi localizado para se posicionar quanto às acusações. Com informações do Terra e Blog do Anderson.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo