Cotidiano

Homem com HIV tenta matar mãe aplicando sangue infectado

192806Um fisioterapeuta de 41 anos, HIV positivo e usuário de drogas, chegou em casa alterado na madrugada desta terça-feira (27) e tentou matar a mãe, de 71 anos, tirando o próprio sangue em uma seringa e aplicando no braço da idosa. A família, de classe média, mora no bairro Jardim Eldorado, em Cuiabá (MT). Além de atacar a mãe, no meio da confusão, o fisioterapeuta é acusado de pegar a sobrinha de 6 meses e ameaçar jogá-la no chão, sendo impedido.
 
Vizinhos chamaram a Polícia Militar, que atendeu à ocorrência e tentou prendê-lo, mas, sob efeito de drogas, ele reagiu à prisão, usando um caco de vidro como escudo, até que foi imobilizado e levado para o Hospital São Matheus. A idosa foi encaminhada ao Hospital Universitário Júlio Muller, que tem atendimento especializado em Aids, e lá, após o teste sanguíneo, foi informada de que não havia a presença do vírus no corpo dela. Ela terá que repetir o exame para confirmação do diagnóstico.
 
O Boletim de Ocorrência foi registrado na Central de Flagrantes de Cuiabá. O fisioterapeuta ainda não teve alta médica. (Terra)
 
Relacionados
Gestante com HIV relata discriminação de médica responsável por parto
Tratamento para evitar o HIV tem 100% de sucesso em estudo
Remédio que evita infecção por HIV pode ser distribuído gratuitamente a partir de 2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo