Política

Hamilton Assis: “Falar em alinhamento político, como faz o PT, é chantagear Salvador”

“Falar e insistir em alinhamento político como única solução para Salvador é fazer chantagem com a cidade, que pode sim ser administrada com o que arrecada. Basta para isso que o dinheiro seja aplicado com prioridade”, disse Hamilton Assis, candidato do Psol à prefeitura da capital baiana, em entrevista ao CBN Salvador Primeira Edição, da CBN Salvador (100,7), nesta terça-feira, 4, com Emmerson José e Alex Ferraz e participação de Jairo Costa Júnior e Clécio Max, do CORREIO. Hamilton Assis, que militou por 28 anos no Partido dos Trabalhadores, disse que rompeu com a sigla no momento em que o PT “jogou na lata do lixo toda a sua história de luta ao lado do povo. Basta lembrar que Nelson Pelegrino foi a favor da reforma da Previdência e ainda fez articulações para aprová-la. Um ato ilegal que trouxe prejuízos para a classe trabalhadora”. Ainda para mostrar sua indignação com as mudanças ocorridas no PT, Hamilton Assis lembrou do mensalão e sugeriu que todas as leis aprovadas no período da vigência desse crime de corrupção com compra de apoio de parlamentares, por parte do governo Lula, fossem revogadas. Ainda para mostrar sua indignação com as mudanças ocorridas no PT, Hamilton Assis lembrou do mensalão e sugeriu que todas as leis aprovadas no período da vigência desse crime de corrupção com compra de apoio de parlamentares, por parte do governo Lula, fossem revogadas. Sobre um possível apoio do prefeito João Henrique (PP) para sua eleição Hamilton Assis foi taxativo: “Não quero, não aceito. João Henrique não é uma pessoa confiável, por isso não aceitamos o seu apoio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo