Política

Grupo terrorista ameaça matar presidente Bolsonaro e dois ministros, PF investiga

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e dois ministros, teriam sido ameaçados de morte por um grupo terrorista que se autointitula ” Sociedade Secreta Silvestre ” e se diz “ecoterrorista”, as informações foram divulgadas pela revista Veja. Segundo a nota, a divisão antiterrorismo da Polícia Federal (PF) está investigando o caso.

 

As ameaças teriam sido feitas após as eleições, e a cerimônia de posse era apontada como data ideal para um atentado.

 

Segundo a PF um forte esquema de segurança foi montado para a posse, e uma bomba chegou a ser desarmada nas proximidades de uma igreja. O grupo reivindicou a autoria de ataques a carros em uma sede do Ibama.

 

O grupo também dizer ser anticristão.

 

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar