Cidades

Governo cortará tarifa social de energia de 1 milhão de famílias baianas

ALELUIAO deputado federal e presidente do Democratas na Bahia, José Carlos Aleluia (DEM), apontou nesta quarta-feira (4), durante discussão na Câmara sobre a crise hídrica no país, que um milhão de famílias na Bahia estão ameaçadas de perder o benefício social que concede desconto progressivo conforme à diminuição do consumo sobre a tarifa de energia elétrica aos inscritos no Cadastro Único e no Benefício de Prestação Continuada (BPC).
A sessão plenária contou com a participação do ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga. Ao todo, cinco milhões de famílias brasileiras correm o risco de perder o benefício.
“A Mãe dos Ricos, a presidente Dilma Rousseff, está tirando o benefício da tarifa social de energia para cobrir o rombo causado nas finanças do governo federal pela sua desastrada gestão”, denunciou.
Segundo o parlamentar baiano, a exclusão se dará a partir do enxugamento do cadastro dos programas do governo federal, que pretende reduzir os beneficiários em 38%, caindo de 13,1 milhões de famílias para 7,1 milhões. Estima-se que a economia com o corte seja da ordem de R$ 600 milhões.
Para o deputado demista, a presidente Dilma é “insensível e ingrata”, já que sequer fez um corte proporcional à relação da população dos estados com a do país.
“A Bahia, por exemplo, é onde haverá o maior número de famílias excluídas do programa social, criado por mim no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. A Bahia vai participar com 20% do total de excluídos, quando a população do estado não corresponde a 10% quanto a do país. Os baianos menos favorecidos que tantos votos deram à Mãe dos Ricos vão sentir o sabor amargo da ingratidão dela”, apontou Aleluia”, condenou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo