CotidianoSaúde

Exercício físico e o consumo de ovo: confira informações importantes

Katayama Alimentos dá dicas e orientações sobre como o consumo de ovos pode ajudar a potencializar o desempenho das atividades físicas e fortalecer nosso sistema imunológico.

Você já pensou em como o ovo pode ajudar no desempenho da prática dos exercícios físicos? Com a chegada do verão e também por conta da flexibilização das restrições impostas pela pandemia, muitas pessoas voltaram a se movimentar mais, retomando às atividades físicas. A Katayama Alimentos, uma das maiores indústrias avícolas do País, reuniu informações e orientações importantes abordando o tema. Quem responde às perguntas é Dra. Milena Cornacini, Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição e Consultora Técnica da Katayama Alimentos.

1- Em quais aspectos o ovo contribui para o desempenho das atividades físicas?

O ovo é uma proteína de origem animal, como a carne vermelha, o frango e o peixe. Estamos falando de uma fonte de aminoácidos essenciais, que apresenta uma excelente absorção: em torno de 48%, quando a ingestão é do ovo inteiro (clara e gema). As proteínas têm uma função plástica no organismo, isto é, formam estruturas. Elas têm uma participação mínima para a produção de energia quando a dieta está adequada ao fornecimento calórico. Por serem responsáveis pela formação e reparação dos tecidos, proporcionam adaptações em resposta ao treinamento físico, além de estarem envolvidas na formação de hormônios e de enzimas que participam de diversas funções fundamentais.

2- Ele deve ser consumido antes ou após o treino ou atividade? E de que forma?

O ovo pode ser consumido no pré e pós-treino. Quando o objetivo é ganhar massa muscular, o indicado é no pós-treino – quando a ingestão proteica deve atingir de 25 a 30 g. As refeições pré e pós-treino são importantes para evitar quadro de hipoglicemia, manter e restabelecer os estoques de glicogênio hepático e muscular, evitar a fome, potencializar a recuperação muscular e aumentar o desempenho do exercício físico. Clara e gema se completam, por isso, o ideal é consumir o ovo inteiro.

3- Estamos atentos à nossa imunidade por conta da pandemia da COVID-19. Qual o papel do ovo para fortalecer nosso sistema imunológico juntamente com a atividade física?

São vários os fatores para fortalecer/potencializar o nosso sistema imunológico, como alimentação saudável, exercício físico, sono adequado, controle do estresse e hidratação suficiente. O ovo é rico em vitamina D, essencial para o reforço do sistema imunológico.

4- Com a flexibilização do isolamento social (abertura de academias e parques), muitas pessoas estão voltando a se exercitar mais e também adotando uma dieta mais saudável. Como o ovo pode contribuir?

O ovo é uma fonte importante de nutrientes, como proteína de alto valor biológico (fornecendo todos os aminoácidos essenciais, inclusive aqueles que o nosso organismo não produz), vitaminas (riboflavina, vitamina E, vitamina B6, vitamina A, ácido fólico, colina, vitamina K, vitamina D e vitamina B12), minerais (zinco, cálcio, selênio, fósforo e ferro), ômega3 e compostos ativos (luteína e zeaxantina). A prescrição do ovo deve ser individualizada, segundo as necessidades nutricionais e o objetivo do exercício físico.

5- Há algum caso, em específico, em que o ovo não deve ser oferecido aos praticantes de atividades

Pode ser prescrito ao praticante de exercício físico ou atleta em qualquer momento, pré e pós-treino, exceto em casos de intolerância, alergia ou ao indivíduo vegetariano estrito.

6- É indicado consultar um profissional da área da saúde para orientação sobre o consumo do ovo durante a prática de exercícios físicos?

Sim, um profissional nutricionista, principalmente um especialista em nutrição esportiva, pode planejar uma dieta personalizada e prescrever um plano de acordo com as necessidades nutricionais e biológicas, segundo a demanda do treino, gerando substrato e compostos bioativos para aumentar o desempenho, a recuperação pós-exercício e evitar lesões.

_____________________________________________________________________________

Perfil – Dra. Milena Cornacini

Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição, Consultora Técnica da Katayama Alimentos

Graduada em Nutrição pela UniFil – Universidade Filadélfia de Londrina, Dra. Milena Cornacini cursou residência em Gastroenterologia e Nutrição na Faculdade de Medicina de Botucatu da UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, onde fez também mestrado e doutorado em Fisiopatologia em Clínica Médica. Com especialização latu sensu em Nutrição Ortomolecular (Fapes-SP), tem formação em Nutrição Funcional Esportiva e Nutrição Funcional e Câncer, pelo VP Centro de Nutrição Funcional (SP). Atualmente, Dra. Milena Cornacini é coordenadora e docente do curso de graduação de Nutrição da UNIP – Universidade Paulista, campus de Araçatuba. Na mesma cidade, também atua no atendimento clínico em consultório desde 2004, com maior demanda de pacientes na área da saúde. Em 2019, ingressou no time da Katayama Alimentos como consultora técnica, para contribuir com a divulgação de informações nutricionais científicas junto à empresa e aos seus consumidores.

Perfil Katayama Alimentos

A Katayama Alimentos está entre as maiores indústrias avícolas do país e já trilhou quase 80 anos de história. Com uma estrutura moderna, automatizada, habilitada para exportação, inclusive para o exigente mercado japonês, e um rigoroso sistema de biosseguridade, mantém, desde 2013, todas as aves livres de antibióticos. Como resultado desse processo, em 2019 recebeu o “Certificado Ovos Livres de Antibióticos” pela Certificadora WQS – A QIMA Group Company.

Produz ovos brancos, vermelhos, enriquecidos, de codorna, líquidos pasteurizados e ovos desidratados, mantendo todos os lotes rastreáveis, além de oferecer também ovos caipiras. A previsão para 2020 é de 1 bilhão de ovos, com perspectiva de crescimento de 40% para este ano e de 15% para 2021. Essa produção está concentrada em uma área de 725 hectares, localizada na cidade de Guararapes, Estado de São Paulo, e conta com 370 colaboradores, que cuidam atentamente de quase 4 milhões de aves em recria e postura.

O sistema de produção da Katayama Alimentos, um dos mais modernos da América Latina, é totalmente integrado, com tecnologia de ponta na higienização, seleção, classificação e processamento de ovos e instalações aviárias, onde é mantida de forma padronizada as condições ideais de isolamento sanitário, conforto térmico, alimentação e bem-estar das aves. A indústria possui o registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e é auditada no programa IFS Global Markets Food, que atesta a conformidade em relação à integridade e segurança de alimentos processados para o varejo, além de possuir a Certificação Halal, que atribui segurança e qualidade a serviços e produtos em todas as etapas da cadeia de suprimentos.

A Katayama Alimentos faz parte do Grupo Katayama, que também atua nos segmentos de pecuária e fertilizantes orgânicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar