Justiça

Ex-prefeito de Mutuípe paga dívida com justiça em processo de improbidade administrativa

Carlinhos foi condenado após irregularidade em contrato com recursos do FNDE.

O ex-prefeito de Mutuípe, Luís Carlos Cardoso da Silva – Carlinhos (PT), foi condenado pelo Tribunal Federal da Primeira Região em 2018 e após recorrer teve a sentença confirmada, em maio de 2023, o petista pagou a multa imposta pela justiça.

O processo foi publicado em um grupo de WhatsApp pelo advogado Márcio Murilo Rauedys Oliveira Leal, em 2015, na época Dr. Murilo contestou a intitulação de “ficha limpa”, utilizada pelo ex-gestor.

O que aconteceu:

Em 23 de maio de 2018, a juíza Drª. Karine Costa Carlos Rhem da Silva, condenou o ex-prefeito ao pagamento de multa no valor de R$ 4.637,15, contudo, ele recorreu da decisão, mas não obteve sucesso, em maio desta ano, realizou o pagamento da condenação que em valores corrigidos passou para R$ 8.337,40.

WhatsApp Image 2023 12 28 at 10.23.59

A ação civil de improbidade administrativa foi movida pelo Ministério Público Federal, com assistência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e o município de Mutuípe.

Clarice Maria Guimarães de Jesus e a empresa S G Comércio da Papéis também foram denunciados e inocentados pela justiça.

Captura de tela 2023 12 28 140619

Carlinhos foi derrotado por Digão em 2016, atualmente ele tenta junto com seu grupo retomar o poder da cidade lançando seu filho João Carlos Cardos Rauedys como pré-candidato ao pleito de 2024.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios