Educação

Estudantes de toda a Bahia participam de plenária com candidatas à Reitoria e à Vice-Reitoria da Uneb

Graduandos, pós-graduandos e ex-estudantes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) estiveram juntos, em videoconferência na tarde deste sábado (4), para discutir demandas estudantis, a relação deles com a instituição e o futuro da Uneb.

A atividade foi organizada pelas candidatas à Reitoria e à Vice-Reitoria da universidade, as professoras Adriana Marmori e Dayse Lago. Participaram alunos dos diferentes territórios de identidade baianos, matriculados em cursos presenciais e a distância (EaD).

Estudante do curso de Jornalismo, em Seabra, Felipe de Farias destacou que essa é a sua segunda graduação. Na primeira, em outra instituição, também viveu um período eleitoral, mas não teve a oportunidade de dialogar para a consolidação de um projeto de gestão.

Ele também parabenizou a chapa pela proposta de ações de integração e acessibilidade para pessoas com deficiência da comunidade. Além desse tema, os participantes discutiram ainda os desafios impostos à universidade pela pandemia e as expectativas para o período pós-pandêmico.

Pautas como diversidade e inclusão digital nos 30 departamentos da Uneb, na capital e do interior do estado; políticas de ações afirmativas e apoio psicológico e social foram debatidas, além do incentivo para esportes e artes, residência universitária e outras ações para a garantia da permanência com qualidade de discentes na instituição.

As candidatas são ex-estudantes da graduação e da pós-graduação da Uneb, possuem a titulação de doutorado e são professoras da universidade. Ambas já exerceram o cargo de diretora de departamento, quando começaram a vivenciar a gestão universitária. Atualmente, Adriana atua como pró-reitora de Extensão e Dayse é assessora-chefe da Reitoria.

Ambas ressaltaram que o projeto que colocam à disposição da comunidade é fruto de muita escuta e diálogo com discentes, docentes, servidores técnico-administrativos e com a sociedade baiana, mas, que o documento segue aberto e acolhendo contribuições, para fazer valer as diferentes vozes e pessoas que compõem a instituição.

“A partir de diálogos maravilhosos como o de hoje, queremos consolidar um projeto de gestão que seja a cara da nossa Uneb, com demandas postas e propostas planejadas. Tudo dentro do orçamento e alinhado aos compromissos assumidos, para que ela seja vista enquanto instituição estratégica e potente para o desenvolvimento do nosso estado”, destacou Adriana Marmori, candidata a reitora.

Estudante do curso de Letras, em Ipiaú, Nágila Barros ressaltou que tem participado da construção dessas proposições. Ela acredita que essa é uma chapa representativa e que este é o momento de mulheres pesquisadoras assumirem a gestão da universidade.

“Esta é uma universidade que abraça, e eu vejo muito disso nelas duas. Sempre lutaram pelo saber, pela comunidade unebiana e pela educação. Enquanto mulher preta e primeira da minha família a ingressar na universidade pública, digo que elas me representam”, ressaltou a discente, que faz parte do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

No próximo dia 14 de setembro, as candidatas já possuem outro compromisso com discentes da Uneb. Desta vez, será uma videoconferência com as Organizações Esportivas estudantis da instituição. A atividade vai contar também com a participação do presidente da Federação Universitária Baiana de Esportes (Fube), Simon Vasconcelos, e do ex-diretor da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), o professor Elias Dourado.

Com 38 anos de institucionalização, a Uneb conta com 24 campi e dois avançados. A sua comunidade conta com quase 40 mil trabalhadores e estudantes, e ela oferta 152 cursos de graduação presencial e a distância (EaD) e 26 programas de mestrado e doutorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo